agronegocgggio

Da Assessoria de Imprensa
Em reunião com a pró-reitoria do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (CEFET) de São Roque, realizada no dia 10 de janeiro, o prefeito Coiti Muramatsu manifestou seu interesse em trazer um campus avançado para Ibiúna, ou seja, aulas do curso técnico de Agroindústria e Agronegócio sendo ministrados na cidade.  Também estiveram presentes os secretários de Agricultura, Benedito Vieira Martins, e Educação, Leila Ruivo do Carmo, além do vereador Eduardo Anselmo Domingues Neto e do ex-prefeito Jonas de Campos.

Parceria
Na proposta apresentada a Coiti, a prefeitura cederia o espaço físico enquanto a escola ficaria responsável pelo corpo docente. Para o prefeito, a chegada de um campus no município seria de extrema importância. Hoje, o mercado agrícola tornou-se muito mais dinâmico e adota novas técnicas de cultivo, de administração e marketing, de forma que determinados conhecimentos tornam-se fundamentais para a sobrevivência do negócio. “A agricultura é o motor de nossa economia e temos que preparar as novas gerações de agricultores, alinhando-as às novas realidades do mercado”, apontou o prefeito. “Ibiúna tem total condição de receber um campus avançado e, com certeza, a população só tem a ganhar com isso”, afirmou.
Na ocasião, contudo, foi ressaltado que o interesse por parte dos alunos é fundamental para trazer a CEFET para Ibiúna. Hoje, 83 ibiunenses estão matriculados na instituição. A intenção do prefeito e da reitoria é tornar esse número ainda maior. “Quanto mais procura houver, maiores são as chances de conseguirmos essa conquista para nossa cidade, porque mostraremos o interesse da população para com os cursos da escola”, destacou Coiti.

Auxílio no transporte
Para os ibiunenses que estudam na unidade São Roque, será analisada uma maneira de contribuir com transporte escolar. “Estudaremos as leis e as formas de cooperar com os estudantes. Nosso maior objetivo é trazer a escola técnica para a cidade, mas enquanto isso não acontece temos que ajudar as pessoas que estudam nas unidades próximas”, finalizou o prefeito.

Fonte: http://www.jeonline.com.br